sábado, 31 de maio de 2014

"Quando a ignorância fala, a inteligência não dá palpite..."


( Autor Desconhecido )

terça-feira, 27 de maio de 2014

Reconhecer o que é bom!

Reconhecimento é quando seus olhos se enchem de alegria com teus feitos, não com palavras alheias. Pois ter a certeza que superaste algo, ou que fizeste uma bondade, é mais gratificante do que os ditos de uma pessoa que não se importa com os outros.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Chico Buarque - Gênio, Amante Da Liberdade.

Francisco Buarque de Hollanda, conhecido como "Chico Buarque", escritor e musico de características admiráveis e muitas outras classificações não mostradas aqui. Mas os sítios de pesquisas esqueceram de dizerem que ele também é mais um amante da liberdade. Corajoso, intrépido, ousado e muito sábio, abusou de sua genialidade para criticar a forma de governo que assolava a nação naqueles tempos de Ditadura Militar. 

Exilado, impedido de entrar na sua terra por aqueles que dominavam o que ninguém os deu, ele usou uma arma muito poderosa contra os ditadores, uma arma que fazem-os tremer, pois sabem de quão efeito que a tal pode causar, se chama a voz da liberdade, nas suas musicas profetizou a luta e a promessa de novos tempos do povo contra a opressão. Gênio por empregar parônimos e homônimos em suas letras e corajoso por atacar o medo que cobria o Brasil nos anos escuros de "chumbo" do nosso país.

Chico Buarque, herdeiro da cultura, guerreiro da paz, aquele que não bebeu do "Cálice" que derramava sangue inocente brasileiro, o Cálice da hipocrisia, da dor e lágrimas da tortura, ele não o aceitou e falou quando o "Cale-se" tentou censura-lo, quando "tanta mentira, tanta força bruta" oprimia a nação. Porém, o amanhã "há de ser outro dia" que ele acreditou chegar e o fim da barbárie, sucumbir. E assim se fez, o mundo girou como uma roda gigante, num instante, o tempo rodou, o chumbo virou folha de papel que a brisa levou.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

A Mesquinhes das Pessoas

Quero contar-lhes, é uma crítica feita a uma parte de pessoas, essa parte pra mim, de nenhuma lucidez digo assim. É um sentimento meu quase que de raiva, ou pena, ou asco que venho tendo de gente assim. Existe um grande número de pessoas que quando terminam seus estudos e pretendem cursar uma faculdade, escolhem cursos não por intimidade, não por desejos de ajudar ao próximo, a sociedade, a evolução humana, mas sim por status social. Optam por áreas muito visadas pela população, por a mídia, amigos e família. Esses seres humanos, não se importam com os outros, não estão nem ai para serem bons profissionais, não gozam da leitura, do estudo, da ciência, nem buscam o principal objetivo de da questão, que é ajudar o próximo, o mundo, a evolução. Gente assim só liga para si mesma, estudam por dizerem e é isso que querem, "dizerem que fazem", homens e mulheres, que cometem essa estupidez são seres ignorantes e mesquinhos, e isso não faz parte da minha ideologia de vida.

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Pedaços de Mim

Quando nos apegamos a alguém, essa pessoa ganha um pedacinho da gente, e quando ela se vai leva essa parte consigo. O meu medo, é que um dia eu não tenha mais fragmentos para saber quem sou,  e assim me perder, desconhecendo a mim mesmo, não sabendo quem fui nem quem sou, num vazio, sem conteúdo.

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Pipocas, Bolachas, Pães; Arenas, Gladiadores, é isso Brasil???

São tempos e histórias diferentes, porém as jogadas para iludir o povo são as mesmas. Na Roma antiga (Império Romano), os romanos criaram uma política de distração para o povo. Promoviam lutas sangrentas entrem escravos, dito eles como Gladiadores, lutando até a morte, isso causava fascínio entre as multidões pobres que até então estavam insatisfeitas com a forma de governar do império. Outro exercício foi a distribuição de pães ao povo em dias de lutas, com o intuito de diminuir a insatisfação e evitar possíveis revoltas contra a forma de governo.

Hoje as formas de governar são diferentes, os povos mudaram, mas a hipocrisia não. Partindo diretamente para o ponto atual, a presidenta lançou uma jogada mas muito, mais muito antiga mesmo, anunciou um aumento no bolsa família de 10% e uma correção no imposto de renda, assim dizem os meios de comunicação. Amigos, se isso não é mais uma estratégia criada por políticos, logo agora que pesquisas mostram que o descontentamento da população aumenta assustando o governo da presidenta, se isso não foi uma jogada não sei o que é, pois bondade para com o povo, soa até piada. Essa história já vem de anos, o povo não é mais besta, as pessoas estão abrindo os olhos, ninguém cai mais nessa, digo mais! A vocês políticos, a coisa ta mudando, é devagar mais ta indo. Da mesma forma que o povo lutou contra a apatia da Nobreza e se negou a alimenta-la, nós algum dia eremos também lutar contra a moleza do sistema, nesse dia não causaremos só o tremor dos políticos corruptos nas suas poltronas, mas faremos eles fugirem de suas próprias casas comedo da justiça que bate a sua porta.