sexta-feira, 24 de maio de 2013

Nos momentos tristes...

As vezes fico triste do nada, como se uma nuvem cinzenta de desânimo pairasse sobre mim. E é isso que sinto no momento, mas como dizia na música "... quando tudo está perdido, sempre existe um caminho..." E é esse caminho que busco, quero fugir dessa tristeza, e nem sei porque fico assim. Mas passa, tudo passa.

E para os outros, eu mostro sorrisos curtos, e fico com as lágrimas pra mim, pois ninguém merece as tristezas dos outros. É difícil ter uma pessoa que se interesse por suas tristezas, gente querendo compartilhar suas alegrias tem de monte, mas a pergunta é - quem se interessa por você? Quem realmente está do seu lado? São poucos, mas são verdadeiros. Dê valor a quem cuida de você, esses sim merecem sua atenção. Gente que até podem ser figurantes nos momentos bons mas são estrelas quando o assunto é levantar você do chão. 

"Cuide de quem corre do seu lado e quem te quer bem essa é a coisa mais pura..." 
( Charlie Brown Jr - Pontes Indestrutíveis )

sábado, 18 de maio de 2013

Bebendo a felicidade.

A bebida as vezes é o caminho que pessoas tomam para buscar uma felicidade rápida e sem promessas, mesmo que seja ilusória e passageira. Já pego-me provando dela algumas vezes, porque promessas não se-a. Sorrir sem compromisso, é o que muitos querem, não garantindo voltar. E tem pessoas que só conseguem sorrir assim, pagando bebidas, e hoje está tão caro sorrir. Então irei sorrir, vamos beber lembranças perdidas, e nossas magoas esquecer por um instante. Só não quero sorrir demasiadamente, pessoas muito felizes me assustam.

Musica em mim...

É incrível os efeitos que a musica tem sobre mim, as vezes libera a criatividade que está presa, outras me serve como calmante. A musica é uma das melhores coisas da vida...

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Momentos simples...

Feliz é aquele que sorrir de pequenos momentos como se vivesse grandes emoções, pois encontra a felicidade em coisas pequenas e simples.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Como Ele exatamente é...

Alguns imaginam Deus como uma luz forte, emanando energia positiva e paz. Outros o tem em mente como um senhor de barba, cabelos grandes e grisalhos, demonstrando sabedoria no olhar. À aqueles que acham que ele é forte, ato e de voz estridente. Se eu for pensar em todas essas formas de pensamentos, e tiver que escolher uma onde misture todas as ideias e opiniões, sairia um ser assustador, e isso não é o que penso dele.

Eu pensava muito em Deus quando criança, queria saber como ele era, seu rosto e forma, que palavras me diria. Hoje continuo pensando muito nele, sei que todos nós temos muitas coisas para pergunta-lo. Tenho uma pergunta em especial que será feita assim que o vi um dia, será "como conseguiu viver tão só?" 

Quando tento imagina-lo, esqueço tudo que vejo nos livros, filmes, e nas palavras que os religiosos dizem, esvazio minha mente, e penso nele como uma criança, uma criança de sorriso inocente, uma pequena menina, sim, uma menina! Que só quer brincar, não se preocupa com o futuro, faz de um estranho o seu melhor amigo, não tem vaidades, e ver o mundo perfeito como ele exatamente é. Eu o vejo como uma criança, pois inda não vi nada mais lindo do que elas...

Como Ele é ?

O homem enxerga Deus como o espelho de si sendo na sua mais perfeita forma, cabelo liso, branco, alto, masculinamente superior e intocável, ou seja; - um ser estúpido, só faltam dizer que ele também tem muito dinheiro...”

terça-feira, 14 de maio de 2013

A Violência Nos Homens...

Não se pode extinguir a violência dos homens, podemos até nunca exerce-la, mas ela estará sempre hibernando dentro de nós. Só a educação consegui mantê-la em dormência.

Um pouco sobre a política de nosso país.

Uma coisa que meche comigo são as pessoas de "pouco conhecimentos" digamos assim, que se lançam candidatos a cargos políticos, e isso ocorre nas pequenas cidades e até nas grandes. Pessoas que não tiveram seus estudos completados. No que será que realmente pensam? Em ajudar os outros será? Alguns até querem, tem bons pensamentos sobre o povo, o seu povo. Mas outros só querem o dinheiro, não estão nem ai para resolver os problemas da população, alguns apesar de terem pouco estudo tem um grande poder econômico e abusam dos pobres que não entendem ou não querem entender sobre como funciona a política. Abusam daqueles que acham que a política só serve pra troca de favores "um voto por dinheiro, ou algo relevante de uso pra si próprio".

Eu sou ciente de como a política é importante para as populações, sei que devemos votar e eleger alguém que achamos que será sábio em suas escolhas, uma pessoa que tenha conhecimento e que faça o melhor para melhorar a vida do povo. Eu não votaria e não voto em uma pessoa que sei que tem menos capacidade que eu para administrar um cargo político. Porém hoje, vemos pessoas tão inteligentes, tão espertas que usam o seu conhecimento para por as mãos nos nossos bolsos, são pessoas ruins e corruptas. Ai eu penso, votar no mais inteligente que poderá um dia ser a minha decepção? Ou votar no leigo, que terá dificuldades para ler um simples livro, mas que talvez nunca nos tire um centavo se quer? É... Diferente dos filmes de "bang-bang" e dos quadrinhos onde o ladrão é o mais bruto dos homens e demonstra estupidez em alguns atos, os da vida real são os mais espertos, enganam os mocinhos e estão cravados na constituição como carrapatos sugando e se alimentando das falhas de nossas leis.


"Hoje em dia ladrão é profissão, e precisa estudar pra ser um..." Porém prefiro ser enganado a ser o enganador.

domingo, 12 de maio de 2013

Um Mundo Bom...

Uma pessoa não pode mudar o mundo e torna-lo melhor, mas pode mudar o seu  mundo e fazer dele um lugar maravilhoso. E se cada um de nós fazer de seu mundo um lugar melhor, nós teremos vários mundos bons, e os todos se tornarão um, e o um será de todos...

sexta-feira, 10 de maio de 2013

O ENEM com uma nova cara.

Que bom que houve mudanças, pois precisava, e veio tarde, mas veio ainda bem. Promete ser mais rígido com as correções e já deixando bem claro que o avaliado que tentar colocar brincadeiras em sua redação levará nota zero! Esperamos que não haja escândalos dessa vez, pois sua cara ainda é a de um projeto não confiável que ainda não vingou.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

É Só Silêncio

Sei que minhas palavras não vão dizer nada pra você, então calo-me, deixo que meu silêncio grite. Já tentei me explicar mais de vezes tentei falar, mas não dá, não tem como explicar o que não se sabe, então escuta meu silêncio, não peço que o entenda só ouça, ele diz algo, algo que não sei contar em palavras. Agora parece ser só silêncio, mas sei que depois você entenderá o que digo. Falo do silêncio, falo do que não podemos escrever ou dizer, é só silêncio, para os que conseguem ouvir ele diz muito, mas por enquanto é só silêncio, e continua...

terça-feira, 7 de maio de 2013

Dias amargos, e só solidão.

E chega um tempo que nós achamos que nossa vida vai bem, ai aparece alguém nunca visto antes e muda nossa vida por inteiro, e os momentos parecem até serem sonhos de tão lindos, a ligação é tanta que parece até que sempre se conheceram, mas o mundo dá voltas, e o destino separa as pessoas. 

A vida muda constantemente, e algumas pessoas sempre estão conosco, mas não nos causam grandes emoções, e tem outras que aparecem do nada para nos dar um susto e nos mostrar que a vida é feita de surpresas. Mas as vezes essas grandes pessoas se vão, e deixam um vazio em nosso peito. Como uma explosão sem pedir permissão nos acertam e abalam as estruturas da emoção, e de repente o abalo se vai e a calmaria retoma o ambiente. É como um lápis à escrever uma história e no meio do discurso outro aparece e interrompe o trajeto do primeiro, e após duas linhas escritas, com ideias diferentes o lápis para, e da a vez ao iniciante, e se vai sem prometer retorno.

Nesse momento eu penso por quê? Por quê? Não entendo. E depois que a pessoa se vai, fica aquele pensamento que os próximos passos serão amargos sem aquelas palavras jogadas ao vento, horas e horas de conversação que se tornaram os mais belos momentos perdidos. 

As conversas não existem mais, os olhos já não se cruzam sorridentes, só se sente o amargo na boca, e a vida nos ensina a continuar, mas eu sei que nunca iremos esquecer dos poucos segundos de silêncio que passávamos quando só os olhos falavam o que a boca não podia dizer. Outros sabores podem até passar pela boca, mas aquele gosto doce será sempre único, quem sabe o mundo gire novamente e a vida tenha de volta aquele gostinho inconfundível, enquanto isso não ocorre, fica a lembrança daquele olhar em silêncio.

sábado, 4 de maio de 2013

Amor Perfeito; Mito ou Verdade?

Algumas pessoas criaram essa visão de que existe o amor perfeito e dão a ideia de perfeição, daquilo que é completo e sem erros. Nada é perfeito e disso sabemos muito bem, todos somos diferentes, e a ideia de perfeição no amor não existe, não à. 

Podemos amar e sermos amados, mas em algum dia, ou momento nós iremos nos decepcionar com a outra pessoa, porque isso acontece, e é nesse momento que começamos a conhecer mais intimamente o próximo, dai você verá se ama mesmo aquela pessoa. É do ser humano pressupor algo sobre alguém, quando olhamos as pessoas a primeira vista, já damos suposições de como ela é, como ela trata as coisas, suas atitudes. E por que fazemos isso? Porque nós seres humanos, no primeiro encontro só damos o nosso lado perfeito, só nos mostramos excelentes e bem cientes das coisas, e ao passar dos tempos vamos passando aos poucos quem realmente somos, pois ninguém gosta de mostrar suas falhas, de falar sobre seus erros, não é mesmo? Então essa conversa de amor a primeira vista não existe, não em total verdade, pois a pessoa gostou do que viu e posteriormente levou os erros do outro como aceitáveis, e a amou.

Esse termo de amor perfeito sem espaço para erros não existe, agora só não vamos pensar que o amor não é perfeito e por isso as pessoas traem, não, não misturem isso, esse assunto de traição já é outra questão, trair é um erro muito grave e é de cada um tratar esse erro como aceitável ou não, vai depender de seu caso, portanto, amar é reconhecer os erros do próximo e os seus próprios. Nós podemos usar o termo "amor perfeito" desde que seja aquele que erra e reconhece suas falhas, e tenta muda-las para que não decepcione mais a outra pessoa. As vezes nós não conseguimos ver as nossas falhas, e precisamos dos outros para enxergar onde nos equivocamos. Mas lembrem! Nós somos seres imperfeitos, erramos por natureza, mas podemos evoluir, e a beleza da vida está nisso, na evolução.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

A Procura do Sentimento...

A vida é misteriosa, ela realmente não é previsível, as coisas acontecem tão rapidamente que ficamos embasbacados, falo dos sentimentos, sim deles que destroem nossa rotina, rotina essa cansativa cheia de coisas porém vazia, como vazia? Vazia de um nada, de ninguém, quando o ninguém é alguém e o alguém não existe. 

Sentimento que nos coloca em busca de algo que não sabemos o que é, e como achar o que não conhecemos? Não se sabe, mas é procurando que se encontra, ou achamos, ou somos achados. Prefiro que me achem, mas como vou ser achado se do quarto não saio? Mas dizem que isso ocorre em qualquer lugar, então espero ser atingido por esse tal sentimento, que dele tenho medo! Pois muitos já se perderam ao senti-lo, mentes brilhantes se perderam, a loucura os engoliu e foram tomados de solidão. Não quero esquecer de mim, se esse sentimento vier eu corro, corro bem rápido e dele eu fujo, só não irei me esconder, pois tenho medo de me esquecer.

Eu falo do mais cruel dos sentimentos, aquele que nos tira o ar do peito, ele que é mal e bem. Mas não quero tê-lo, pois as vezes vem e vai, e o que vai pode não voltar, e quando não volta é porque perdeu, e eu nunca gostei de perder. Esse sentimento é par, Deus o criou para dois, e é para sempre, até que o sempre tenha um fim, mas se só um sentir o que acontece? Nada, e é desse nada que tenho mais medo, então fujo até que um dia eu seja pego, mas por enquanto o pássaro segue solitário, voando, voando, pra onde? Pra algum lugar onde acabe essa minha contradição de procurar e não querer encontrar.