terça-feira, 15 de julho de 2014

Filósofos X Ditadores

Um filósofo, causa muito mais medo em um ditador do que vários revoltosos com armas empunhadas, pois uma arma pode facilmente cair das mãos que a carregam, porém, uma ideia consciente jamais sairá da mente dos que a sustentam.

A primeira medida quando um ditador está no poder é impor suas ideias de modo que ninguém as contradigam, mas para que sua palavra soe inquestionável ele precisa trazer os pensadores e torna-los submissos a sua voz irrefutável, caso não consiga, a censura é imposta através de meios temerosos ao homem, usada para calar as ideias niilistas que para o "soberano" é uma ameaça ao progresso do Estado. Só à duas escolhas para os filósofos, aceitar e negar sua ideologia, ou exilar-se fugindo de sua própria terra.

Ditadores são maquiavélicos, abusam de demagogias e usam o momento de crise e miséria de um povo para domina-lo, sempre trazem um falso assentimento da dor popular para ganhar com a emoção o coração do povo. 

Com palavras são raposas traiçoeiras, esperam o seu momento oportuno para agir; nas decisões são leões ferozes, despedaçam seu corpo, aniquilam sua mente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário