terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Ladrão de Amor...

Fico pasmado com a quantidade de vezes que as pessoas dizem encontram o seu par perfeito, algumas em um ano falam isso duas trés vezes o que é surpreendente, é mesmo um espanto! O que penso é que estão errados por fazerem essas afirmações sem um conhecimento detalhado da situação. Ou estão certos e eles tem a capacidade de amar alguém e esquecer em pouco tempo reabrindo a vaga para que seja ocupada novamente, o que é uma tolice. 

A verdade é que são pessoas inocentes que não tem capacidade de distinguir "gostar", coisa de momento, por "amor", sentimento profundo e verdadeiro capaz de suportar qualquer sofrimento e transpor o mais difícil obstáculo.

Relacionamentos precisão ser iniciados com a total clareza dos sentidos, são eles quem nos dizem o que se passa com nosso corpo, quando o coração quer se comunicar ele usa os sentidos, mais a razão também precisa ser consultada, os dois precisam estar em sintonia só assim você terá certeza que o que sente é realmente amor. É bem mais complexo do que se pensa, o que ele faz com as pessoas, as sensações provocadas, as emoções sentidas, tudo que podemos ganhar com ele é fabuloso!

Temos que tomar cuidado com as nossas decisões, uma escolha errada e pronto, você machuca mais que uma lâmina, um ferimento causado por uma faca, se não letal, cicatrizará em pouco tempo, mas um ferimento causado por uma ilusão pode demorar anos, até uma vida. Para sair de uma situação como essa é preciso que a pessoa em sofrimento queira livrar-se de sua dor, ou então viverá com ela até o fim de sua trajetória na terra.

Não cometam esse erro, fazer alguém sofrer não é nada bom, ganhar tudo e não dar nada em troca, é um grande roubo, é isso que fazemos quando enganamos, nos tornamos ladrões, ladrões de amor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário