terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Não me deixe só...

Você pode até não falar comigo, pode não me dar atenção
mas por favor não me deixe só, não posso caminhar sem
seus olhares, sem sua presença pra me dar forças,
sou carente de você sem tu sou um nada, só o pó que o vento levou uma criança no escuro, encolhida com a cabeça nos joelhos.
Medo, o medo que me toma a esperança, não vá embora,
não me deixe só, você que vagou sozinho, sabe o quão a solidão
é devastadora, não me pões a prova,
pois tenho medo do teu silêncio que me aflige o espirito, 
as pessoas podem abandonar-me o mundo pode me esquecer
mas sem tu me deixaste ó grandioso o que serei além de só o pó?
Muitos outros precisam de você, muitos outros dignos de seus olhares, sei que sou mais um, mas não me deixe só...


Um comentário:

  1. O mar é uma coisa, a espuma, outra;

    Esquece a espuma e contempla o mar com teus olhos.

    Ondas de espuma erguem-se do mar noite e dia,

    Tu olhas para a ondulação da espuma e não para

    o poderoso mar...

    Rûmî

    ResponderExcluir